Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Terça, 31 Maio 2016 11:08

Fórum debaterá modelo de gestão do Polo de Tecnologia da Informação

Evento acontecerá no próximo dia 15 de junho

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +

Geysa Miranda

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) promoverá, no próximo dia 15 de junho, um fórum para debater o modelo de gestão do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Polo de Tics). O evento acontecerá no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso (Centro de Convenções), no bairro do Jaraguá, a partir das 8h.

Com o objetivo de criar um espaço de interação e discussão sobre as diretrizes e os resultados esperados para o modelo de gestão do Polo de Tics, em construção no bairro do Jaraguá, o evento contará com uma explanação do panorama de ambientes de inovação no Brasil que terá como facilitador Leandro Carioni, diretor executivo na Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). O evento envolverá diferentes instituições, entre elas, Governo do Estado, academia, setor produtivo e demais interessados no projeto.

Para Sônia Oliveira, gerente de Ambientes de Inovação da Secti, a ideia do fórum é construir um modelo próprio de gestão, espelhando-se em boas práticas de outros parques e polos espalhados pelo país.

“Construir um modelo de gestão que estimule o desenvolvimento econômico e atenda aos anseios da sociedade é um grande desafio, no qual a Secti vem trabalhando de forma transparente e agregadora. Esse fórum foi pensado como uma forma de dinamizar e incluir no processo de construção diferentes opiniões, expectativas e também sugestões”, explicou Sônia.

Quem se interessar pelo projeto e desejar contribuir com ideias e sugestões, basta comparecer no dia e participar. O fórum conta também com o apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

 Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços

O objetivo do Polo é ser um ambiente para fortalecimento das empresas locais e atração de novos empreendimentos de base tecnológica voltadas para o desenvolvimento de soluções em tecnologia da informação, comunicação e serviços dos setores públicos, privados, universidades e centros de pesquisa, contribuindo com a melhoria da competitividade das empresas e estimulando o desenvolvimento econômico do Estado.

Com investimento de R$ 15 milhões do Governo do Estado, o polo está com 80% das obras concluídas, com previsão de entrega para o segundo semestre deste ano.