Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Segunda, 27 Novembro 2017 12:20
INOVAÇÃO

500 estudantes do Alto Sertão recebem educação empreendedora

Programação fez parte da oitava edição do Governo Presente e foi desenvolvida pela Secti

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Jovens e crianças tiveram contato com dinâmicas que incentivaram a inovação empreendedora e ensinaram como empreender Jovens e crianças tiveram contato com dinâmicas que incentivaram a inovação empreendedora e ensinaram como empreender Ascom/Secti
Texto de Geysa Miranda

Sonhos que podem se transformar em empreendimentos de sucesso. Esse foi o estímulo que a equipe da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com o Sesi Alagoas e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeal) levaram a cerca de 500 estudantes dos municípios de Piranhas e Delmiro Gouveia, no Alto Sertão alagoano.

Durante a quinta-feira (23) e a sexta-feira (24), jovens e crianças tiveram contato com dinâmicas que incentivaram a inovação empreendedora e ensinaram como empreender nos dias atuais, usando a criatividade e métodos inovadores.

01

Para a estudante do 9º ano do ensino fundamental, Jessiene Oliveira, da Escola Municipal Professor Ivan Fernandes de Lima, na cidade de Piranhas, o momento foi de aprender coisas novas e despertar a curiosidade.

“Eu nunca imaginava participar de um momento como esse. Quando eu terminar a escola, quero ser professora e fazer a diferença, com ideias inovadoras como as que eu aprendi hoje. Ajudando a melhorar a qualidade nas escolas”, afirmou a estudante.

O professor Dilson Costa, do Núcleo de Empreendedorismo, Tecnologia e Estágio do Sesi Alagoas e palestrante a convite da Secti, destacou que a ideia central era provocar os estudantes a pensarem sobre ciência como uma hipótese, não tendo medo de errar para poder inovar e transformar.

02

“Foi uma experiência fascinante. Trabalhamos com os estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, mostrando que a inovação começa com um sonho e que é transformadora”, explicou o professor.

03

As unidades que receberam as ações foram a Escola Municipal de Educação Básica Irmã Dulce, na cidade de Delmiro Gouveia, e Escola Municipal Professor Ivan Fernandes de Lima, em Piranhas.

Assinatura do Termo de Cooperação para o desenvolvimento tecnológico

Em Delmiro Gouveia, outra ação foi a assinatura de um termo de cooperação mútua entre a Secti, Fapeal e a Prefeitura da cidade com o propósito de fomentar, apoiar, financiar, colaborar e incentivar a construção de um ecossistema que permita o desenvolvimento de estudos técnico-especializados; práticas de ciência e pesquisa; empreendedorismo tecnológico; inovação produtiva e social; formação de incubadoras e núcleos de inovação tecnológica; projetos de incentivo em cidades inteligentes; inclusão digital e social através de tecnologias; realização de eventos científicos, acadêmicos e tecnológicos; e, projetos dentro do escopo da economia criativa e solidária.

04

Para o secretário da Secti, Regis Cavalcante, essa parceria traz ao povo sertanejo mais oportunidades de crescimento por meio da inovação. “Estamos trabalhando para que estímulos como esse cheguem a todos os municípios alagoanos, beneficiando estudantes, professores e empreendedores”, afirmou secretário.

"Essa é uma ação inédita, que demonstra uma preocupação dos gestores estaduais e municipais em viabilizar parcerias que permitam incentivos para atividades econômicas e acadêmicas que estimulem o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação no âmbito local, no sertão de Alagoas. Delmiro Gouveia já carrega em seu nome um personagem muito especial, que no começo do século XX apostou todas suas fichas em empreendimentos com elevado nível tecnológico, ficando para a história a transformação que foi realizada, quando se acredita nessas áreas, afirmou o diretor-presidente da Fapeal, Fábio Guedes.