Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Quinta, 05 Dezembro 2019 16:31
DETOX DIGITAL BRASIL

Governo de Alagoas adere à campanha “Detox Digital Brasil” que alerta sobre o uso consciente da tecnologia

Proposta sugere que as pessoas passem 24 horas sem redes sociais no “dia D”, 8 dezembro

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Desafio consiste em conscientizar as pessoas sobre o uso da tecnologia de forma correta Desafio consiste em conscientizar as pessoas sobre o uso da tecnologia de forma correta Andira Miranda
Texto de Geysa Miranda

 

É fato que o mundo digital se tornou parte fundamental da rotina diária de milhares de pessoas, mas que tal passar 24 horas desconectado da tecnologia para se conectar a família e aos amigos?  Essa é a proposta da campanha “Detox Digital Brasil” que está aliada aos objetivos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e que o Governo de Alagoas vai aderir, por meio da Secretaria da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) em parceria com outras secretarias de Estado.

O desafio consiste em conscientizar as pessoas sobre o uso da tecnologia de forma correta e dos excessos produzidos pela era cibernética, além de sugerir que no próximo domingo (8), dia D da campanha, a população passe 24 horas sem redes sociais e aproveitem para fazer passeios e atividades off-line.

Segundo a secretária da Secti, Cecília Rocha, o alerta e debate sobre como a tecnologia pode passar de nossa aliada para um problema de saúde mental é importantíssimo.

 “Nosso propósito é fazer com que as pessoas entendam que da mesma forma que a tecnologia torna nossa rotina mais prática e ágil, se usada de forma imoderada ela pode causar sérios transtornos a saúde mental. Para isso, queremos promover uma grande conscientização sobre a utilização dos recursos tecnológicos de maneira inteligente e iniciar um debate nos mais diversos segmentos sociais, sobre o papel da tecnologia nas relações humanas”, afirmou a secretária.

Dados de um estudo realizado pela Hoopsuite em parceria com a We Are Social, mostra que o Brasil é o segundo país do mundo a passar mais tempo na internet. São 9 horas e 29 minutos de tempo gasto na internet por dia e os efeitos negativos na saúde mental e física e na qualidade das interações sociais causam uma preocupação progressiva.

De acordo com o psiquiatra colaborador do Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso (PRO-AMITI), Dr. Rodrigo Menezes, a dependência tecnológica tem se mostrado uma questão crescente de preocupação da sociedade e comunidades científicas. “O conhecimento entorno de como a tecnologia interage com o nosso cérebro e emoções cresceu exponencialmente nos últimos anos, à ponto da Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhecer em 2018 a Dependência em Jogos pela Internet (Internet Gaming Disorder) como um transtorno psiquiátrico e adicionando o mesmo ao seu principal manual de doenças médicas, a CID-11 (Código Internacional de Doenças, 11ª Edição)”, disse o psiquiatra.

“É preciso falar sobre esse assunto e nós do Governo de Alagoas estamos engajados nessa causa. Vamos incentivar as pessoas a utilizarem a tecnologia de forma correta e saudável, não esquecendo que existe um mundo fora do on-line.”, afirmou a secretária da Secti, Cecília Rocha.