Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Terça, 22 Junho 2021 19:31
ENSINO E EMPREGO

Programa de qualificação profissional da Secti alcança mais de 80% dos municípios de AL

Iniciativa objetiva capacitar gratuitamente estudantes, professores e profissionais e promover a conexão dos usuários da plataforma com as vagas disponíveis no mercado de trabalho

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Programa de qualificação profissional da Secti alcança mais de 80% dos municípios de AL Ascom Secti
Texto de Geysa Miranda

O programa de qualificação profissional tecnológica da Secretaria da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) - Oxetech - já está presente em 84,4% dos municípios alagoanos, com destaque para as cidades de Maceió, Rio Largo, São Miguel dos Campos, Arapiraca e Marechal Deodoro.

A iniciativa objetiva capacitar gratuitamente estudantes, professores e profissionais em geral residentes no estado em Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) e em áreas correlatas, e promover a conexão entre os usuários da plataforma e as vagas de trabalho disponíveis no mercado alagoano. São mais de 10 cursos gratuitos no site oxetech.al.gov.br, fruto de uma parceria com a startup Digital Innovation One.

Um relatório realizado pela Secti neste mês de junho aponta que, dos mais de 1.500 inscritos no programa, 43% são estudantes do ensino superior das universidades públicas e/ou privadas, 30,6% profissionais em geral, 19% estudantes do ensino médio das escolas públicas e/ou privadas, 4% professores e 3% profissionais da educação (incluindo diretores e gestores). Entre os inscritos a maioria estão entre 19 e 25 anos e possuem focos de carreira voltados para o desenvolvimento full-stack, gestão de projetos, análise de sistemas e ciência de dados.  

Para o secretário da Secti, Silvio Bulhões, as estatísticas apontam o sucesso da interiorização do programa e a preocupação do Governo de Alagoas em fomentar o empreendedorismo, a tecnologia e a inovação por meio da qualificação profissional voltada para a indústria 4.0.

“O Oxetech amplia as oportunidades e potencializa nossos jovens e adultos, despertando o interesse e revelando grandes talentos em Alagoas nas áreas que mais crescem no mercado de trabalho brasileiro. Isso permite o desenvolvimento de novos produtos e projetos, aumentando a capacidade produtiva do Estado”, disse o secretário.

Laboratórios físicos

A Plataforma Oxetech passará a operar em espaços físicos, “Labs”, localizados nos municípios alagoanos, com o propósito de interiorizar ainda mais a tecnologia e inovação e ampliar as oportunidades para quem não tem acesso à internet com facilidade, além de democratizar o aprendizado em tecnologia e capacitar milhares de desenvolvedores para suprir o déficit do mercado nacional.

Um dos primeiros municípios a receberem esses laboratórios será São Miguel dos Campos, além de Santana do Ipanema e Poço das Trincheiras. Haverá tembém um laboratório que funcionará na sede da Secti e um que será fruto de uma parceria com o Intituto Novo Horizonte - entidade sem fins lucrativos -, localizado no bairro do Canaã, em Maceió.

Vale ressaltar que o município que quiser ter os laboratórios, basta manifestar seu interesse por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..gov.br.

Os cursos são: React Web Developer, Java Developer, JavaScript Game Developer, HTML Web Developer, Node.js Web Developer, Desenvolvedor Back-End PHP, Desenvolvedor Fullstack Python, Cloud Computing & Serverless, Desenvolvedor Front-end Angular, Desenvolvedor Front-end ReactJS e Especialista em Inovação Digital.

Vagas de emprego

Além dos cursos gratuitos, o Governo de Alagoas oferece, por meio da Secti, vagas de trabalho e estágio nas empresas de tecnologia de Alagoas. São mais de 20 vagas para Desenvolvedor Android, Quality Assurance, Desenvolvedor Back-end ruby on rails, Sales Development Representative, Cientista de Dados, Executivo de Contas, Analista de Suporte N3 (Django/Python), DevOps Sênior, Desenvolvedor Django Pleno, Desenvolvedor FullStack PHP, Fullstack Nodejs e Desenvolvedor FullStack Node. Todas estão disponíveis na plataforma, no espaço “Oxedin”.

 Para participar do processo seletivo e se conectar ao mercado de trabalho tecnológico alagoano precisa, obrigatoriamente, estar cadastrado no oxetech.al.gov.br, além de ser aluno de um dos cursos ofertados pela plataforma.