Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Quarta, 16 Março 2022 18:41

Governo de Alagoas inaugura laboratórios com cursos gratuitos na área de tecnologia no interior do Estado

São MIguel dos Campos foi o primeiro município a receber o Oxetech Lab; Mais cinco espaços serão entregues até o final de março

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Governo de Alagoas inaugura laboratórios com cursos gratuitos na área de tecnologia no interior do Estado Isabelly Ferreira
Texto de Geysa Miranda

Capacitar gratuitamente estudantes, professores e profissionais em geral residentes no Estado em Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) e em áreas correlatas, e promover a conexão entre esses estudantes  e as vagas de trabalho disponíveis no mercado alagoano, esse é o propósito do Oxetech Lab, um laboratório que passa a interiorizar ainda mais a tecnologia e inovação e ampliar as oportunidades para quem não tem acesso à internet com facilidade, além de democratizar o aprendizado em tecnologia.

O projeto é da Secretaria da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) e oferece cursos gratuitos como: React Web Developer, Java Developer, JavaScript Game Developer, HTML Web Developer, Node.js Web Developer, Desenvolvedor Back-End PHP, Desenvolvedor Fullstack Python, Cloud Computing & Serverless, Desenvolvedor Front-end Angular, Desenvolvedor Front-end ReactJS e Especialista em Inovação Digital.

O primeiro município contemplado com o Oxteceh Lab foi São Miguel dos Campos, em parceria com a prefeitura local. O laboratório já está em funcionamento, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Sedecti),com 16 computadores, sala climatizada, dois monitores e acesso à internet gratuita. As próximas cidades contempladas serão Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema, no sertão alagoano, além de Murici, Penedo e Arapiraca.

Para o secretário da Secti, Silvio Bulhões, esse programa veio para resolver um problema que não é só de Alagoas, mas do Brasil como um todo, que é a falta de mão de obra qualificada para as áreas que envolvem tecnologia.

“Estamos investindo em pessoas, desde a educação básica até o ensino superior, com qualificações técnicas, preparando-os para as profissões que já não são mais do futuro e sim do presente”, ressaltou o secretário. 

Os laboratórios do Oxetech são oriundos de uma plataforma, implantada pela Secti, que já capacitou mais de 2 mil jovens em 80% dos municípios alagoanos.